05/10/2018 - 13:47
Você faz parte da Economia Criativa?

Economia Criativa (EC) é um conceito relativamente novo no mundo e mais recente ainda no Brasil. Desde a primeira década dos anos 2000, ouve-se sobre o tema por aqui. A partir de 2010 a pauta ganhou fôlego em vários eventos do Rio Grande do Sul. Mas o que você tem com isso?

Inicialmente pode-se pensar que a Economia Criativa é relevante apenas para áreas e profissões que envolvem, por exemplo, arte, música, dança, entre outras, porque as pessoas que trabalhavam nestas áreas eram/são denominadas criativas. Entretanto, criatividade é característica essencial para encontrar e solucionar problemas, independente da área e profissão.

A EC é a economia do conhecimento, da informação, das relações de sentido, na qual o que se troca nas relações sociais e econômicas depende essencialmente desses fatores. É também responsável pela ampliação de cenários alicerçados em 4 pilares norteadores: inovação, diversidade cultural, sustentabilidade, inclusão social.

A criatividade atrai colaboração, uma vez iniciada, torna-se cada vez mais dinâmica e faz crescer ciclos virtuosos. Lugares, empresas e organizações que apostaram na aprendizagem da economia criativa como geradora de valor têm renda e desenvolvimento superiores às áreas vinculadas somente à economia tradicional.

Por fim, em Estrela, para quem trabalha em áreas da Economia Criativa, mais importante que o número, é saber o quanto se sentem pertencentes e agentes de inovação. Encontrar algumas pessoas para conversar e colaborar é o início de uma jornada muito compensadora, de autodesenvolvimento e qualificação de si e do ambiente em que se vive.

Este encontro pode ser o Workshop de Inovação e Economia Criativa na Faculdade LaSalle, dia 23 de novembro, na Faculdade La Salle de Estrela.

 

Luciana Braun Reis

 

Publicitária

Especialista em Marketing

Mestre e Doutora em Comunicação



Notícias relacionadas
11/10/2018 - 14:46Palestra
11/10/2018 - 14:45MBA em Gestão Empresarial
Buscar
Seção
Área
Período
A partir de
até
Voltar